Você esta em Ensino Fundamental I
3º Ano Clique aqui para voltar

 

CONTEÚDOS

                 OBSERVAÇÕES

 

 

Números

E

Operações

Sistema de numeração decimal - SND
Conjunto dos números naturais

X

X

X

X

X

Magnitude dos números: sem limite por série

Tendências em Educação Matemática: Jogos; Resolução de problemas; História da Matemática

Preocupações básicas: linguagem matemática e pensamento lógico

Adição e Subtração

X

X

X

X

X

 

Multiplicação e divisão

 

 

X

X

X

Tabuada: 3° ano

Conjunto dos
números racionais
positivo

Frações: conceito representação

 

 

X

 

 

1° e 2° ano: noções iniciais isoladas

Operações com frações

 

 

 

X

X

Com denominadores iguais

Decimais

 

 

 

 

X

Escala do SND completa

Sistema monetário

X

X

X

X

X

Aplicação do sistema de numeração decimal

Espaço e
formas

Conceitos espaciais
Formas geométricas
Deslocamentos no plano

X

X

X

X

X

1º e 2º ano, principalmente (com uso de material concreto)

 

Grandezas

E

Medidas

Sistema de unidades de medida de comprimento

 

 

 

X

 

 

 

 

1º e 2º ano: noções iniciais isoladas

 

3º ao 5º ano: como sistemas de conhecimentos/conceitos

Conceito de perímetro

 

 

 

X

 

Sistema de unidades de medida de superfície

 

 

 

 

X

Conceito de área

 

 

 

 

X

Sistema de unidades de medida de volume

 

 

 

 

X

Conceito de volume

 

 

 

 

X

Sistema de unidades de medida de massa

 

 

 

 

X

Sistema de unidades de medida de capacidade

 

 

 

 

X

Sistema de unidades de medida de tempo

x

x

x

x

X

Tratamento
da
Informação

 

x

x

x

x

x

Como ferramenta para os outros conteúdos. Informações
PCNs matemática. (p. 56).

3º ANO
ARTE
Objetivo Geral: Trabalhar de forma integrada com todas as linguagens artísticas – artes visuais, teatro, música e dança - articulando a imaginação, a razão e a emoção, a fim de contribuir para a construção da identidade pessoal e social dos alunos


Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Fruição
Promover vivências onde o aluno possa
compreender e utilizar as linguagens artísticas,
mantendo uma atitude de busca pessoal ou
coletiva, articulando a percepção, a
imaginação, a emoção, a investigação e a
sensibilidade.
Reflexão
Promover vivências onde o aluno possa
identificar, relacionar e compreender as
linguagens artísticas como fato histórico nas
diversas culturas, conhecendo e respeitando as
produções do patrimônio cultural e universal,
identificando a existência de diversidade
cultural.
Produção
Promover vivências onde o aluno possa
conhecer, selecionar e utilizar materiais,
suportes, instrumentos, procedimentos e
técnicas nos trabalhos pessoais e coletivos,
explorando e pesquisando suas qualidades
expressivas e construtivas nas linguagens
artísticas.

Artes visuais
- História da arte: exposições  bienais de arte de São
Paulo. Observação de obras de arte brasileira dos principais pintores da semana de arte moderna
de 1922.
- Pintura: estilo (figurativa, abstrata, tatuagem, mural, grafite, pichação). Formas de pintar (tintas
naturais, guache, acrílica, a óleo). Figura-fundo. Semelhanças e contrastes.
- Desenho: de memória, de observação, de imaginação. O que são os estereótipos. Tipos de desenho (representativo e abstrato). Desenho com lápis preto, carvão, sombra, só com cores. Desenho de
traços finos e grossos. Análise de desenhos feitos por artistas, como “estudos”, antes de realizar uma pintura.
-.Cinema/Fotografia: linguagem fotográfica. Como surgiu e como eram feitas as fotografias.
Análise de fotografias de estúdio, de moda, de registros e de vendas de produtos.
- Modelagem: origem da argila. Modelagem com diferentes materiais (jornal, plástico, tecido, massa
de modelar, papel machê) e texturas (pedras, tecidos, jornal, plástico, flores, folhas). Montagens
de estruturas como cidades, casas, móveis e cenários internos a partir de materiais alternativos.
Teatro
- Visita a um prédio de teatro. Improvisações de cenas familiares, extra-familiares e escolares. Jogos
de improvisação com regras. Improvisações com cena em que hajam conflitos para ser solucionados.
Dança
-.Elementos: tempo, espaço, movimento, pontos de apoio. Dança folclórica, étnica, popular brasileira, indígena e africana. Comparecimento em espetáculos de dança.
Música
-.Conhecimento de aspectos da música antiga e alguns instrumentos. Escuta e descoberta de diferentes ritmos musicais. Seleção e combinação de sons. Propriedades dos sons (timbre, intensidade, altura e duração). Canto de músicas que falem da realidade dos jovens no Brasil.
Comparecimento em apresentações musicais.

EDUCAÇÃO FÍSICA
Objetivo Geral: Proporcionar ao aluno a oportunidade de desenvolver e refletir sobre suas habilidades e possibilidades corporais, através da participação em atividades culturais, tais como jogos, esportes, lutas, ginásticas e danças com finalidades de lazer, expressão de sentimentos, afetos e emoções, exercendo-as autonomamente de maneira social e culturalmente significativa e adequada


Objetivos por Campos de Estudo

CONTEUDOS

 Conhecimentos sobre o corpo
Oportunizar, através da percepção do próprio corpo e da relação deste com o outro e com o ambiente, o desenvolvimento de conhecimentos e conquistas individuais, reconhecendo
o corpo como um organismo
integrado que interage com o meio físico e cultural.

Conhecimentos sobre o corpo
Oportunizar, através da percepção do próprio corpo e da relação deste com o outro e com o ambiente, o desenvolvimento de conhecimentos e conquistas individuais, reconhecendo
o corpo como um organismo
integrado que interage com o meio físico e cultural

Higiene: pessoal e ambiental
-.Noções básicas de higiene pessoal: lavar as mãos, cabelos, cuidados com o corpo, atividades práticas, dramatizações,mímicas, reconhecimento do material de higiene
- Noções básicas de higiene ambiental
Hábitos posturais
- Noções básicas das diferentes posturas corporais: correr, caminhar, sentar, agachar, deitar
- Técnicas de percepção das posturas corporais
Esquema corporal
- Corpo vivido
- Percepção do corpo como um todo
- Partes do corpo
- Sensações do corpo adequadas ao movimento (técnicas de acordo com as atividades nas aulas de Educação Física)
Percepção da velocidade e intensidade dos movimentos
Deslocamentos e direções
- Devagar, rápido, mais rápido
- Perto, longe
- Freio inibitório
- Paradas e partidas bruscas
- Atividades competitivas e não-competitivas
- Mudanças de direção
Aquecimento, relaxamento, contração e descontração muscular
Respiração
- Atividades básicas e específicas
- Atividade básica e de muita intensidade
- Percepção das alterações corporais durante diferentes movimentos e intensidades
Noção de tempo, orientação temporal
Noção de espaço, orientação espacial
- Perto/longe, dentro/fora, direita/esquerda, frente/atrás, embaixo/em cima, sob/sobre, livre/limitado
Coordenação motora
- Ampla, óculo-motora, óculo-pedal, fina
Equilíbrio
- Estático/dinâmico
Lateralidade
- Destro/sinistro
Desenvolvimento e manutenção das capacidades físicas
- Desenvolvimento das capacidades físicas: força, velocidade, resistência, flexibilidade

 

Noções e conceitos de qualidade de vida e saúde
Hábitos alimentares
-.Interlocução com os componentes de História, Geografia e Ciências, respeitando o nível de compreensão da criança e a evolução do universo micro para o macro
Corporeidade – corpo sensível / emotivo
- Trabalho com as emoções e sentimentos
- Desenvolvimento dos sentidos
Superação de limites pessoais e grupais

 Esportes, Jogos, Lutas e Ginásticas
Desenvolver as habilidades, capacidades e funções motoras através da participação e resolução de situações problema,
em diferentes atividades que envolvam esportes, jogos, lutas e ginásticas, respeitando regras, organização e enfatizando o caráter lúdico e recreativo.

Movimentos básicos fundamentais
- Locomotores: com aparelhos, sem aparelhos e em aparelhos (correr, andar, saltar, pular, caminhar, agachar, quadrupedar, subir)
- Não-locomotores: com aparelhos, sem aparelhos e em aparelhos
- Manipulativos: com aparelhos e em aparelhos
Jogos
-.Sensoriais, lúdicos, recreativos, cooperativos, competitivos, dramáticos, folclóricos, populares, raciocínio lógico
Brincadeiras
- Interligação com jogos, conhecimentos sobre o corpo e atividades rítmicas e expressivas
Regras e limites
- Obediência a regras estabelecidas, atividades de baixa a alta organização e regramento, criação, transformação e adaptação de regras, convivência em grupo
- Inter-relação com superação de limites pessoais e grupais
Desenvolvimento das capacidades e habilidades físicas e/ou motoras
- Força, flexibilidade, velocidade, resistência, agilidade, ritmo, coordenação, equilíbrio
- Atividades relacionadas com exercícios aeróbios e anaeróbios
Ginástica
- Ginástica geral: articulação com conhecimentos sobre o corpo, movimentos básicos fundamentais
-.Ginástica artística: exploração de todas as possibilidades de movimento, partindo da sequência de movimentos: rolamentos, parada de mãos, estrela, rodante, avião, esquadro
-.Ginástica rítmica: mãos livres (colocação de movimentos na música); adaptação de aparelhos (arcos, fitas, maças, cordas, bolas)

Atividades Rítmicas e Expressivas
Desenvolver, a partir de diferentes manifestações da cultura corporal de movimento, o processo de informação e formação dos códigos corporais de comunicação individual e grupal, valorizando a expressividade, o ritmo e a criatividade dos alunos.

Rodas e brincadeiras cantadas
- Ritmo/expressão
Expressão corporal
- Dança, ritmo, espontaneidade, expressão criadora
Atividades livres e criativas
Improvisação
Montagem de coreografias
Mímicas
- Trabalho com diferentes elementos inter-relacionando-os com conhecimentos sobre o corpo em todos os anos e integrando-os com outros componentes curriculares
Percepção, construção de movimento
- Vivências a partir das dificuldades, possibilidades e especificidades dos movimentos (subir e descer, correr, equilibrar)
Danças folclóricas regionais
Percepção, construção, desenvolvimento e estruturação do ritmo
- Diferentes percepções de ritmo: natureza, pessoal, grupal e ambiente
-.Vivências rítmicas e expressivas de acordo com as fases das crianças, respeitando seus limites e possibilidades
Estímulo musical
- Exploração de diversidades de sons, ritmos, canções.
- Confecção de instrumentos musicais

 

LÍNGUA ESTRANGEIRA MODERNA
Objetivo Geral: Propiciar ao aluno a formação necessária ao desenvolvimento de suas potencialidades, visando ao aprimoramento, através das relações com o conhecimento, com o outro e com o mundo, conscientizando-o de que o aprendizado de uma língua estrangeira moderna torna-se imprescindível, devido à sua importância como instrumento de comunicação universal e meio de integração no mundo atual, caracterizado pelo avanço
tecnológico e pelo grande intercâmbio entre os povos.


Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Conhecimento de Mundo
Proporcionar ao aluno a aquisição de um vocabulário básico, articulado às estruturas essenciais da Língua
Estrangeira Moderna, a partir do conhecimento convencional que possui sobre as coisas do mundo, através de palavras relacionadas à sua realidade imediata e à sua faixa etária.

- Inglês em torno de si
- Música
- Rótulos

Conhecimento Sistêmico
Levar o aluno a aprender os fundamentos da Língua Estrangeira Moderna e desenvolver gradualmente as suas competências, a fim de utilizá-las em situações de comunicação oral e escrita dentro e fora da sala de aula.

- (No início, ainda priorizar oralidade.)
- Saudações (pronúncia e escrita)
- Família (pai/mãe; irmão/irmã; avô/avó)
- Números (0 a 20)
- Cores
- Roupas
- Esportes
- A cidade
- A casa
- Animais (exóticos)
- Frutas e vegetais
- Corpo humano (algumas partes)
- Meios de transporte
- Artigos definidos
- Adjetivos: alto/baixo; gordo/magro; grande/pequeno; limpo/sujo)
- Verbos: ter, amar
- Comandos: sentar/levantar

Tipos de Textos (orais e escritos)
Promover a prática da Língua Estrangeira Moderna de forma contextualizada, no que diz respeito à leitura e interpretação de textos

- História infantil
- Música
- Diálogo
- Datas comemorativas

Conteúdos Atitudinais
Desenvolver no aluno o gosto pela Língua Estrangeira
Moderna e uma disposição confiante em aprendê-la, uma vez que permite a ele participar de forma mais ativa do mundo globalizado, formando sua consciência
crítica e despertando-o para a cidadania

Importância do aprendizado de uma segunda língua
- Utilização do vocabulário aprendido em sala de aula

 

LÍNGUA PORTUGUESA Objetivo Geral: Criar condições para o desenvolvimento da linguagem como um objeto de estudo e reflexão, da leitura compreensiva, da produção escrita adequada e significativa, da produção oral adequada, eficaz e coerente, da escuta sensível, inteligente e crítica e da organização e autonomia quanto ao ato de aprender.
Gêneros Textuais
Da ordem do narrar: fábula, histórias infantis, anedota/piada, história em quadrinhos
Da ordem do relatar: notícia, testemunho
Da ordem do argumentar: carta de leitor, debate, assembléia, carta de solicitação
Da ordem do expor: anúncio, exposição oral, tomada de notas, carta pessoal
Da ordem do descrever ações: regulamento, regras de jogo
Poesia: com e/ou sem rimas

Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Linguagem como objeto de estudo
Apropriar-se de uma metalinguagem.
Refletir sobre a língua e suas variedades de registro.
Tomar consciência das regras que orientam a gramática da língua: sua estrutura, funcionamento e uso.
Observar as variantes linguísticas existentes e os preconceitos linguísticos e sociais que elas podem acarretar.
Reconhecer a importância e o efeito dos recursos coesivos e das estratégias de coerência no ato da leitura e da produção escrita, dando ênfase às referências dêiticas contextuais, tempos verbais, estratégias de referenciação e substituição
Construir regras que auxiliem na solução de problemas originados pelas relações de poligamia entre sons e letras
Fazer uso adequado às intencionalidades do escritor das seguintes pontuações: ponto final,
ponto de interrogação, ponto de exclamação, vírgula (uso de maior frequência – separação de elementos enumerados).

Reflexão linguística: epilinguística e metalinguística
Ortografia: ênfase às relações de poligamia
Acentuação
Parágrafo
Pontuação
Variedades de registro
- Fala
. Grau de formalismo - oratório, formal, coloquial,
casual, familiar
. Sintonia: status, tecnicidade, cortesia, norma
- Escrita
. Grau de formalismo: hiperformal, formal,
semiformal, informal e pessoal
. Sintonia: status, tecnicidade, cortesia, norma

Leitura compreensiva
Reconhecer as propriedades dos gêneros textuais e tomá-los como referência para produzir mais sentidos acerca dos textos.
Produzir inferências, relações entre o lido e o vivido, entre os conhecimentos prévios e o texto propriamente dito.
Explorar o vocabulário da língua e os diferentes efeitos de sentido produzidos pelas
escolhas que o falante/escritor faz.
Desenvolver o gosto pela leitura.
Manusear livros.
Fazer uso contínuo do dicionário.
Conceber a leitura como algo que serve para:
. ter acesso à cultura literária;
. resolver problemas e/ou regular o próprio comportamento através de instruções/prescrições;
. ter prazer;
. acessar a memória de outros tempos;
. buscar argumentos e base para suas posições;
. saber sobre algo/alguém.

Propriedades dos gêneros de textos
-.Função, autor/es, público potencial, relação com a
realidade, extensão, fórmulas fixas, vocabulário,
categorias gramaticais, estrutura, tipografia,
formato, uso posterior, modo de leitura, relação
título-conteúdo, relação imagem-texto, suporte, tempos ou modos verbais, personagens, temática
-.Apreciação de textos de diferentes ordens de
gêneros, conforme o indicado para o ano, utilizando pistas fornecidas pela situação de interação e/ou os
conhecimentos de um leitor mais experiente
-.Estudo de vocabulário compatível com a situação de
interação

Produção escrita adequada e significativa
Adequar a produção escrita às diferentes situações de comunicação.
Usar a escrita para resolver situações do cotidiano.
Estabelecer objetivos para a produção escrita, organizando estratégias textuais para atendê-los:
planejar, elaborar, corrigir e refazer o texto.
Tratar o texto como produto de várias versões, principalmente em situações que demandem
a sua publicação.
Utilizar para fins de planejamento do texto as propriedades dos gêneros textuais trabalhados, fundamentalmente no que se refere à estrutura, ao conteúdo e ao estilo.
Expor situações, fatos, objetos, idéias e opiniões através de textos descritivos, narrativos, expositivos e argumentativos sempre que necessário, adequando-os a seus diferentes usos e funções.
Explorar o vocabulário da língua e os diferentes efeitos de sentido produzidos pelas escolhas que o escritor pode fazer.
Dar destino social a um texto cujo gênero requer essa instância como modo de sua realização (uso do texto produzido em situações em que ele cumpra uma função social).
Utilizar diferentes estratégias para solucionar dúvidas ortográficas.

Produções de textos escritos

-.Ênfase à escrita espontânea e à escrita feita pelo professor/colega “escriba”), em especial, dos gêneros textuais em foco no 3º ano, com e/ou sem modelo
Propriedades dos gêneros de texto a serem consideradas no ato de escritura
Estratégias de correção e refacção de textos escritos

Produção oral adequada, eficaz e coerente
Adequar a produção oral às diferentes situações de comunicação, às intenções do falante e
aos seus objetivos junto aos ouvintes.
Observar na produção oral as propriedades dos gêneros textuais trabalhados.
Desenvolver a capacidade de argumentação, de exposição de objetos estudados e de relato
de acontecimentos vividos/conhecidos através de gêneros de textos orais.
Emitir opinião e posicionamento pessoal com base em argumentos e com atitude de
respeito ao interlocutor e a seu ponto de vista.
Explorar o vocabulário da língua e os diferentes efeitos de sentido produzidos pelas escolhas que o falante pode fazer.
Participar de situações reais de interação utilizando-se de textos orais planejados e
produzidos previamente.

Produções de textos orais
- Gêneros textuais em foco no 3º ano
Propriedades dos gêneros de texto a serem consideradas no ato de produção oral
-.Função, autor/es, público potencial, relação com a
realidade, extensão, fórmulas fixas, vocabulário,
categorias gramaticais, estrutura, tempos ou modos verbais, temática, entonação, variedade linguística admitida, ritmo, entre outras
Estratégias de correção e refacção de textos orais

Escuta sensível, inteligente e crítica
Respeitar a opinião alheia.
Interagir com um vocabulário diverso do rotineiro.
Perceber os argumentos utilizados por outrem na defesa de sua opinião.
Reconhecer as propriedades dos diferentes gêneros de textos orais utilizados pelos falantes
e tê-las como pistas para a compreensão de seus objetivos.
Reconhecer a intencionalidade e os diferentes efeitos de sentido presentes na seleção do
vocabulário operada pelo falante.

Propriedades dos gêneros de textos orais previstos para o
ano:-.Função, autor/es, público potencial, relação com a
realidade, extensão, fórmulas fixas, vocabulário,
categorias gramaticais, estrutura, tempos ou modos
verbais, temática, entonação, variedade linguística
admitida, ritmo, entre outras
-.Apreciação de textos de diferentes ordens de
gêneros (argumentar, expor, narrar, ...), conforme o
indicado para o ano, orientada ou não por um sujeito
mais experiente
-.Estudo de vocabulário compatível com a situação de
interação

 

Organização e autonomia quanto ao ato de aprender
Apropriar-se de diferentes estratégias de aprendizagem – associação (repetir, sublinhar,
destacar, copiar) e reestruturação (elaboração: recurso à palavra-chave, imagem, códigos,
rimas, abreviaturas, analogias, leituras; organização: formação de categorias/classificações e redes de conceitos e mapas conceituais, identificação de estruturas), em conformidade
com o objeto a ser apropriado.
Refletir sobre o caminho realizado para chegar à elaboração de um conhecimento
(consciência metacognitiva).
Capacitar-se a exercer o controle do seu aprendizado (planejar e avaliar).

Organização do caderno como lugar de registro das
atividades/rotinas diárias
Reflexão sobre o que se vai aprender, sobre o que e sobre como se aprendeu
Elaboração de notas, roteiros, índices e resumos
Uso apropriado do caderno e do material individual e
coletivo

GEOGRAFIA
Objetivo Geral: Construir conceitos de espaço, tempo, relações sociais, natureza e cultura, possibilitando aos educandos situações em que possam exercer o direito à cidadania e o respeito ao meio ambiente.
Tema Geral: Tema Geral: Nós e nossas relações - conhecendo e respeitando o ambiente em que vivemos.


Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Relações Espaço -Temporais
Perceber o próprio corpo e a partir dele posicionar-se com relação à distância dos objetos, manejando o espaço e concebendo noções relativas a ele.
Reconhecer no lugar em que se encontram inseridos (ambiente familiar, ambiente escolar, comunitário) os referenciais de
localização, orientação e distância.
Natureza
Reconhecer na paisagem local e no espaço próximo, as diferentes manifestações da natureza e a ação das pessoas sobre
a paisagem.
Cultura
Perceber semelhanças e diferenças na forma em que os grupos humanos se apropriam dos recursos naturais, transformando-os.
Identificar a importância de atitudes responsáveis de cuidado
com o meio em que vive.

Espaço escolar
- Relações projetivas (lateralidade)
- Relações euclidianas
- Representação cartográfica da sala de aula (legenda, noção de proporção)
- Localização das ruas próximas à escola
-.Representação cartográfica (caminho percorrido da casa até a escola e vice-versa; quarteirão)
Espaço comunitário (bairro)
-.Infra-estrutura (economia: comércio, indústria, prestação de serviços e serviços públicos)
- Meios de transporte e comunicação e os problemas existentes
- O trânsito no bairro e o seu entorno
- Meio ambiente: preservação e reciclagem como meio de subsistência
- Relação centro x bairro
Espaço urbano e espaço rural
- Observação, descrição dos seus elementos, comparação entre os espaços
Pontos de orientação espacial
- Pontos cardeais
- Pontos de referência

HISTÓRIA
Objetivo Geral: Construir conceitos de espaço, tempo, relações sociais, natureza e cultura, possibilitando aos educandos situações para que possam exercer o direito à cidadania e o respeito ao meio ambiente.

Tema Geral: Nós e nossas relações - construção da cidadania

Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Concepção de Tempo e Espaço
Organizar os acontecimentos em uma seqüência cronológica.
Comparar acontecimentos no tempo, a partir de noções de anterioridade, posterioridade e simultaneidade.
Identificar no cotidiano semelhanças e diferenças existentes no espaço escolar e na comunidade.
Relações Sociais
Perceber os modos de vida dos diferentes grupos sociais de convívio, reconhecendo-se como parte integrante dos mesmos.
Cultura
Identificar os elementos culturais e da tradição presentes na vivência da criança em diferentes épocas, estabelecendo relações entre o presente e o passado.

Sujeito e memória (ênfase nas concepções de tempo)
- Linha do tempo: fases da vida relacionadas com acontecimentos significativos
Organização do tempo: semana, mês, bimestre, trimestre, semestre e ano
Grupos de convívio com ênfase na comunidade (na perspectiva do tempo)
- O bairro
. Formação histórica
. Infra-estrutura (comércio, lazer, serviços públicos, prestação de serviços)
. Profissões
. Meios de transporte e comunicação
- Comunidade
. Meu papel no bairro, o papel da minha família e da minha escola
. Política de boa vizinhança: direitos e deveres

CIÊNCIAS NATURAIS
Objetivo Geral Identificar as diferentes fases da vida dos seres, em especial do homem, construindo a noção de ciclo vital, estabelecendo relações entre características e comportamentos, visando o respeito à biodiversidade:.


Objetivos por Campos de Estudo

Conteúdos

Ambiente
Estabelecer as relações entre os fatores não-vivos e identificar as alterações ou transformações possíveis de serem
processadas nos mesmos.
Caracterizar as relações dos seres vivos entre si e destes com os demais componentes dos ambientes: relações de
alimentação, relações entre as características do corpo e do comportamento e as condições do ambiente.

Ser humano e Saúde
Reconhecer fatores que contribuem para a melhoria da qualidade de vida, em especial aqueles que se relacionam a saúde e bem estar do ser humano.

Recursos Tecnológicos
. Compreender processos e etapas de transformação aplicados  na produção de objetos, no preparo de alimentos e no adequado destino de resíduos das atividades humanas,respeitando os diferentes ecossistemas.
Estimular a investigação científica, desenvolvendo habilidades
de observação, registro e sistematização dos conhecimentos produzidos.

Fatores não-vivos
Ar – noções de tempo e clima
- Composição do ar (principais gases presentes no ar)
- Pressão do ar
- Poluição do ar – as queimadas
- Água – mudanças nas fases de agregação
- Importância da água no desenvolvimento dos vegetais
- Camadas que compõem o solo
- Importância do solo para as plantas
- Luz e calor solar
. Caracterização do ciclo dia/noite
. Pontos cardeais
. Estações do ano relação com frutificação das plantas

Fatores vivos (produtores, decompositores e consumidores)
- Estudo dos vegetais utilizados na alimentação
- O ciclo vital nos seres vivos (nascimento, crescimento, reprodução e morte)
- Bolores, cogumelos e bactérias
- Como os animais se alimentam (herbívoros, carnívoros e onívoros)
- O ser humano e a interação com o ambiente (os sentidos)
- Comparação entre ambientes diferentes e os seres vivos que o habitam.

Hábitos de higiene (asseio corporal e higiene ambiental)
Saúde do corpo e da mente (atividades físicas e lazer)
Lixo urbano (Reaproveitamento, reciclagem e descarte adequado)
Alimentação saudável (alimentos de origem vegetal e alimentos de origem animal)

 A saúde e os parasitas humanos
Utilização de recursos minerais para a confecção de objetos (jóias, utensílios domésticos)
As práticas predatórias de utilização de recursos naturais
Construção de um biodigestor (produção de húmus e gás - energia)
Formas de obtenção e tratamento de água para distribuição nas residências, comércio e indústria

MATEMÁTICA
Objetivo Geral: Proporcionar a construção do conhecimento matemático e suas representações, através da observação do seu contexto sócio-cultural,possibilitando significar o mundo à sua volta


Objetivos por Campos de Estudo

CONTEUDOS

Números e Operações
Ampliar as noções de números, os procedimento de cálculos pelo conhecimento das regularidades das operações e pela antecipação e verificação de resultados, a fim de desenvolver o raciocínio lógico.

- Leitura e representação até 999
. Sequência numérica, valor posicional e ampliação dos números ordinais
- Adição e subtração (cálculo mental e escrito, exato e aproximado)
. Algoritmo, reagrupamento e operação inversa
- Multiplicação e divisão
. Tabuada até cinco, agrupamento, operação inversa
- Noção de dobro, triplo, metade
- Sistema monetário (ampliar)
- Situações matemáticas envolvendo as quatro operações

Espaço e Forma
Localizar-se no espaço físico, estabelecendo relações topológicas e projetivas, identificando as formas naturais e construídas pelo homem.
Perceber diferenças e semelhanças entre sólidos em planos estabelecendo relações com os objetos do seu cotidiano.

Formas geométricas básicas (triângulo, retângulo, quadrado, círculo)
- Sólidos geométricos (cubo, cilindro, cone, paralelepípedo, esfera e pirâmide)
- Deslocamento no plano e representação
. Itinerário
. Ponto de referência (localização de pessoas e objetos - usando como referência a Geografia)

Grandezas e Medidas
Identificar, relacionar e representar as medidas de tempo nas suas atividades de rotina.

- Medidas de tempo (dia, semana, mês, ano hora e meia hora)
- Noção de comprimento, massa e capacidade

Tratamento de Informações
Coletar, explorar e organizar informações do seu cotidiano, lendo e interpretando-as.

Organização de informações na forma de tabelas e gráficos
- Leitura interpretação e construção de tabelas, gráficos e imagens

 

Centro Educacional Soben
Mantenedora: Associação Beneficente Cultural Dr. Celso Leme - SOBEN
Rua Otávio Mendes Nº 147 - Centro - Francisco Morato/SP | Telefones: (11) 4488-3260 | 4488-8688